INSCRIÇÕES PARA CURSO ONLINE

Professores de Língua Portuguesa da rede pública podem se inscrever até o dia 2 de setembro

O programa Escrevendo o Futuro abre inscrições para o curso online e gratuito Sequência Didática: Aprendendo por meio de Resenhas, destinado a professores de Língua Portuguesa do ensino fundamental II e médio da rede pública de todo o país. As inscrições podem ser feitas de 30 de agosto a 2 de setembro no site do programa, que também traz outras informações sobre o curso.

Leia também: Fórmula negócio online o que é

Com base na sequência didática apresentada, os participantes escreverão a resenha de um produto cultural. A partir dessa vivência, o objetivo é compreender quais são os princípios do trabalho com gêneros e sequência didática, refletindo sobre atividades e exercícios que contribuem para estimular a produção de textos em crianças e jovens.

O curso ocorre de 3 de setembro a 26 de novembro, com carga horária total de 80 horas. As atividades podem ser feitas no horário definido pelo aluno, durante o período programado para o curso. O participante será avaliado pelo mediador responsável pela sua turma, a partir da realização de diferentes atividades. Quem cumprir os critérios de avaliação, e obtiver aproveitamento satisfatório, receberá um certificado de 80 horas.

O programa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Itaú Social, com coordenação técnica do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária), que visa contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas.

Reposição de colágeno: saiba se é hora de fazer

Pele viçosa e firme, boa cicatrização e funcionamento de cartilagens. Todos esses benefícios estão relacionados a uma substância: o colágeno. É ele que ajuda a garantir força e mobilidade para diferentes partes do corpo e, mais do que isso, dar suporte e sustentar a estrutura da pele, prevenindo a flacidez e o aparecimento de rugas.

“Além de deixar a pele mais firme e bonita, o colágeno também é importante para a função de sustentação das células, atua na cicatrização e contribui para a integridade e o funcionamento normal dos ossos, músculos e cartilagens”, afirma a nutricionista Adriana Lima, da Clínica Fares.

Mas, com o tempo, a produção natural é reduzida. “Trata-se de um composto de proteínas presente na estrutura humana, mas que deixa de ser produzido gradativamente com o passar dos anos”, explica a dermatologista Adriana Caldas, professora da Faculdade de Medicina Estadual de São José do Rio Preto (SP).

Leia também: Skin renov é bom

Por isso, de acordo com as especialistas, a reposição do colágeno é indicada para pessoas com mais de 30 anos, quando o corpo começa a perder a capacidade de produzir sozinho. “Aos 50 anos pode-se chegar a somente 35% da sua produção total”, diz Caldas.

Os primeiros sinais da diminuição na produção da substância são: aparecimento de rugas no rosto, fragilidade óssea e flacidez facial e corporal. “Hoje existem muitos estudos que comprovam os benefícios da reposição de colágeno”, diz a dermatologista.

Leia também: comprar Nutren Beauty

Clique aqui e tenha acesso ao desconto em medicamentos oferecido pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon.

Alimentação é coadjuvante

Mas para que seja bem aproveitado pelo nosso organismo, é preciso associar a suplementação de colágeno a uma alimentação balanceada. O organismo precisa de outros nutrientes para que o efeito seja eficiente. “É necessária a participação de zinco, cromo, silício, selênio, cobre, das vitaminas A, E e C além de vitaminas do complexo B, como a piridoxina, a biotina e o ácido pantotênico”, destaca Lima.

Segundo a nutricionista, é possível encontrar colágeno em alimentos de origem animal como carnes e gelatinas. O que não está comprovado é se ele pode ser absorvido pelo consumo desses alimentos.

Principais tipos e suas funções

Existem pelo menos 16 tipos de colágenos, mas são os tipos 1 e 2 os mais utilizados nas reposições. O primeiro representa 90% do total do nosso corpo. Ele fornece estrutura para a pele, ossos, tendões, cartilagem fibrosa, tecido conjuntivo e dentes. Recomenda-se o uso de 10 gramas por dia, consumidos com as refeições e com um alimento rico em vitamina C.

O tipo 2 é feito de fibras frouxamente empacotadas e é encontrado na cartilagem elástica, que servem de “almofadas” para as articulações. É indicado para doenças como osteoartrite de origem autoimune e artrite reumatoide. Recomenda-se 40 miligramas por dia, tomados em jejum.

Fim das cólicas: Conheça os melhores alimentos para aliviar as dores menstruais

Leia também: remédio para Cólica menstrual

Que tal aliviar as dores da cólica comendo? Pois é, uma boa alimentação, cercada de fontes de vitaminas e minerais, ajuda e muito a evitar esses incômodos que tanto atrapalham o dia a dia das mulheres. Veja as melhores opções para o seu cardápio!

Qual mulher não gostaria de ter suas dores de cólica, no mínimo, diminuidas? Pois é, o período menstrual é uma fase que atrapalha e muito o bem-estar do cotidiano feminino e, por isso, merece sempre uma atenção especial. A boa notícia é que, através de bons hábitos alimentares e determinados nutrientes, é possível aliviar esse incômodo de forma natural e saudável. Veja mais!

De acordo com um estudo publicado na “Revista Brasileira de Medicina”, cerca de 33 milhões de mulheres sofrem com as cólicas menstruais em nosso país. Em linhas gerais, essa dor acontece mensalmente na região pélvica, provocada por uma substância chamada de prostaglandina. Durante essa fase as estruturas reprodutivas do corpo feminino se prepararam para receber um embrião e, quando isso não ocorre, o organismo faz um processo inverso, liberando a prostaglandina, fazendo com que o útero contraia e comprima os nervos e vasos sanguíneos, provocando os incômodos embaixo do ventre.

A boa notícia, para quem sempre está atenta à alimentação saudável, é que há uma grande influência daquilo que comemos durante o ciclo menstrual, tendo uma necessidade maior da ingestão de alguns nutrientes específicos, principalmente vitaminas e minerais, que podem aliviar os sintomas do período. A nutricionista Luciana Novaes explica:

“Estudos mostram que há alterações no corpo feminino que possuem uma estreita relação entre o ciclo menstrual e a alimentação. O período que antecede a menstruação, por exemplo, é relatado em diversos estudos como um período onde a mulher mais sente fome, e essa influência não fica apenas no apetite, os tipos de alimentos escolhidos e até níveis de compulsão também podem ser desencadeados em relação a alterações hormonais”, analisa a profissional reiterando:

“Alguns alimentos se tornam chave para o alívio desses sintomas. E o doce, principalmente o chocolate, acaba sendo o alimento preferido nessa situação. Só que ele não é o que seria mais adequado de se consumir, podendo até provocar piora de sintomas.”, ressalta a especialista, apresentando alguns alimentos indispensáveis para o período menstrual. Confira!

Alimentos importantes para alíviar a cólica menstrual
Banana e aveia: São ricos em vitamina B6, que é uma vitamina com atuação importante nos neurotransmissores, aliviando as dores. Banana ainda é rica em potássio que alivia dores musculares.

Nozes, castanhas e milho: Ricos em vitamina E, que favorece a diminuição do sangramento e também traz alívio às dores.

Queijo branco, leite desnatado e vegetais verdes escuros (couve, espinafre e brócolis): Ricos em cálcio, um mineral importantíssimo no alívio das cólicas menstruais. Ele costuma estar diminuído no período menstrual e possui ligação direta na contração e relaxamento muscular, contribuindo para diminuir a tensão na região do útero nesse período. Além disso o cálcio também auxilia na redução do inchaço.

Semente de abóbora, girassol e amêndoas: Também são fontes de vitamina E e fontes de magnésio, que é outro mineral importante na diminuição da dor. Também são fontes de ácidos graxos que auxiliam na diminuição da inflamação, contribuindo para alívio dos sintomas.

Uva, acerola, laranja: Frutas cítricas em geral possuem excelentes doses de vitamina C. A uva é uma boa fonte de flavonoides. A vitamina C e os flavonoides são antioxidantes que auxiliam na redução de processos inflamatórios.

O que as mulheres devem evitar comer no período menstrual?
Café, chá preto, chá mate: Possuem cafeína que uma substância estimulante que pode piorar o quadro da dor.

Salsichas, presunto, blanquet e enlatados: “O excesso de sódio que esses alimentos possuem levam o organismo a reter líquido e aumentar o inchaço. Isso causará um desconforto maior.”, ressalta a Dra. Luciana.

Doces industrializados, bolos, pães doces e carne vermelha: Pelo aumento na ingestão de gorduras saturadas e hidrogenadas que levam a um desequilíbrio hormonal aumentando as contrações no útero e processos inflamatórios e, consecutivamente, a dor.

Farinha branca e açúcar: Alimentos refinados são pobres em vitaminas do complexo B e magnésio, importantes para o alívio dos sintomas nesse período. Além de não contribuírem para a boa saúde de uma forma geral.

O que é terçol e quais são os sintomas?

Medicina de Família e Comunidade
Terçol é uma inflamação purulenta que ocorre na pálpebra. Essa inflamação pode ser consequência de um processo inflamatório das glândulas meibomianas ou da presença de infecção causada por bactérias, sendo Staphylococcus aureus a bactéria mais comum.

Leia também: o que é Terçol

Os sintomas do terçol são caracterizados por um caroço (nodulação similar à espinha) avermelhado e doloroso na borda da pálpebra. Também pode vir acompanhado de lacrimejamento, dor na região dos olhos e inchaço.

O terçol pode ser tratado com uso de compressas mornas na região afetada 4x ao dia por 10 a 15 minutos. Caso não haja melhora dos sintomas em duas semanas, é recomendado consulta com médico/a oftalmologista para uma avaliação.

Varizes: entenda o que são e como fazer o tratamento

Sofrer com varizes pélvicas, nas pernas e em outras regiões do corpo é normal, mas não precisamos nos acostumar com elas!

Imagem: Frank Vex on Unsplash
Cerca de 60% da população sofre com varizes – e a maioria dos casos ocorre em mulheres. Geralmente a preocupação é estética, apesar das varizes poderem causar dor e inchaço, entre outros sintomas menores. A aparência azulada e deformada das veias varicosas se dá por conta do sangue que não foi devidamente bombeado de volta para o coração e acabou retido em um único lugar.

Leia também: Varicell funciona

Se você tiver interesse em formas naturais de tratamento para varizes, seus sintomas já existentes, em atenuar as varizes existentes ou em evitar que novas apareçam, confira as dicas abaixo. Vale lembrar, porém, que estratégias naturais também são passíveis de erro, do mesmo modo que os tratamentos convencionais. Tenha em mente que nem todo tratamento de varizes usado irá funcionar para você do mesmo jeito que funciona para outra pessoa, ou não na mesma velocidade. Por isso, recomendamos paciência antes de desistir de um tratamento mais consciente como esse. Explore as dicas a seguir, cada uma delas vale a pena!

Faça exercícios
Praticar atividades físicas é bom para quê? Para emagrecer? Sim. Para combater hipertensão? Sim. Para combater varizes? Pois é, sim de novo. O exercício é a chave para manter suas veias fortes e saudáveis – indiretamente, você perde peso, o que previne o aparecimento de mais veias varicosas, características das varizes. Mesclando exercícios aeróbicos com musculação, seu suporte venoso e sua resistência muscular aumentam. Aí é só alegria.

Ervas e suplementos nutricionais
Alguns produtos retirados diretamente da natureza, como esfoliantes e óleos essenciais, também podem ajudar na luta contra varizes. Veja só:
Farinha de semente de uva: a farinha de semente de uva já é um tratamento muito popular na França. É rica em um particular tipo de antioxidante que promove elasticidade e reduz o vazamento de fluídos responsáveis pelo inchaço nas pernas;
Extrato de semente de castanha-da-índia: é o suplemento mais estudado para o tratamento de varizes e bastante usado na Europa. Pesquisas dizem que um componente bem específico chamado escina é responsável pelo apoio ao funcionamento normal das paredes dos vasos, contribuindo assim para a saúde das veias. Pode ser usado tanto diretamente na pele, como de forma oral.
Também existem outros tratamentos com óleos naturais, ervas e suplementos naturais. Alguns utilizados são o óleo essencial de alecrim e os alimentos com rutina e extrato de casca de pinheiro.

Antes de começar qualquer tipo de tratamento para varizes com suplementos naturais, você precisa ter em mente que natural não é sinônimo de seguro; reeduque-se, pesquise bastante e saiba exatamente o que você está tomando. Como qualquer droga, ervas e produtos derivados podem causar efeitos colaterais. O uso de alguns tipos pode ser inadequado dependendo da sua condição de saúde ou de qualquer particularidade. Aliás, como dito antes: tenha paciência; esses suplementos naturais não vão resolver seus problemas com as varizes do dia para a noite.

Homeopatia
Existem vários tratamentos homeopáticos que podem te ajudar no tratamento para varizes e reduzir os sintomas, mas essa opção também depende das características de cada pessoa, com resultados variáveis. Abaixo listamos alguns dos tratamentos mais comuns, mas é recomendável que o usuário se certifique sobre qual tipo é mais indicado para seu caso em particular:

Arnica montana: é boa para pessoas cujas varizes são doloridas ao toque, que se sentem piores ao se mover e as pernas aparentam estar feridas.
Calcarea carbonica: recomendada para pessoas que ficam facilmente cansadas, com má circulação, acima do peso e que se sentem ansiosas quando sobrecarregadas no trabalho.
Hamamelis: é um bom tratamento para pessoas com veias sensíveis, que sentem “picadas” nas pernas, e com hemorragias em casos de hemorroidas.
Pulsatilla: recomendada para pessoas cujos problemas costumam sumir nos dias frios e piorar no calor, e cujas veias ficam pesadas e quentes durante a noite.
Compressas
Compressas sempre são bem vindas para os mais variados problemas. No caso das varizes, elas reduzem o desconforto e inchaço nas pernas.

Vinagre de maçã para varizes
Uma opção é fazer uma compressa usando o vinagre de maçã para o tratamento das varizes. Ele ajuda a estimular a circulação e ainda conta com propriedades anti-inflamatórias. Umedeça um pano limpo e macio com o vinagre de maçã e coloque sobre as pernas ou na região afetada pelas varizes por pelo menos 20 minutos. O ideal é fazer o procedimento com as pernas levantadas, se possível duas vezes ao dia, durante pelo menos duas semanas.

Esses são apenas alguns tratamentos recomendados para varizes. Mas, claro, é sempre recomendável consultar uma médica ou médico, já que em alguns casos pode ser necessário realizar uma cirurgia de varizes para resolver o problema. Mas a paciência sempre será sua melhor companheira nesses caminhos rumo à uma vida mais saudável e uma melhor circulação!

8 hábitos diários indispensáveis para manter sua pele saudável

Fique atenta: do uso de produtos adequados à escolha do que vai ao prato, muitos fatores interferem na saúde e na beleza de sua pele

Absolutamente tudo que fazemos interfere de alguma forma no organismo – logo, muitas de nossas ações têm impacto direto sobre a pele, que é o maior órgão do corpo humano.

Conversamos com a dermatologista Helua Gazi, da Clínica Helua Gazi de Dermatologia, e com a biomédica esteta Monica Batista, especializada em Harvard, sobre quais são os bons hábitos diários para manter a pele saudável e, consequentemente, bonita. Saiba quais são e já adote os que não fizerem parte de sua rotina.

Usar somente produtos adequados ao seu tipo de pele
É preciso conhecer sua pele. Ela é normal, seca, mista ou oleosa? Se você não tiver ideia, consulte uma dermatologista ou uma médica especializada em pele para tirar essa dúvida.

Sabendo o tipo de pele, você pode partir para os produtos desenvolvidos especialmente para ele. Monica dá dicas gerais para guiar suas escolhas:

– Pele mista se dá bem com produtos à base de aloe vera, que retiram a oleosidade na medida certa e sem deixar a área normal ressecada;

– Pele oleosa precisa de tratamento especial, devido à tendência à acne e à produção de mais óleos que o normal, mas via de regra os produtos à base de enxofre ou de chá verde são benéficos para ela;

– Pele seca deve receber hidratação redobrada, o que os produtos à base de mel, leite e aveia proporcionam; e

– Pele normal é a mais tranquila no que diz respeito à escolha dos produtos, que normalmente são neutros e com alguns agentes hidratantes.

As informações sobre a que tipo de pele um produto é destinado e quais são seus princípios ativos estão sempre bem visíveis nos rótulos. Dar atenção a elas evita problemas como irritações, alergias e efeitos contrários ao que se deseja. Por exemplo: um produto para peles oleosas pode causar descamações em peles secas, assim como um produto para peles secas pode agravar a oleosidade das peles oleosas.

Ter uma rotina de limpeza da pele do rosto

(liza5450/Thinkstock)

Normal, seca, mista ou oleosa, a pele do rosto deve ser limpa duas vezes ao dia: uma de manhã (de preferência logo ao acordar) e uma à noite (antes de dormir). “A pele precisa de rotina. Limpar, tonificar, hidratar e tratar devem ser encarados como um ritual, um exercício diário mesmo”, defende Helua.

É bem simples. Primeiro lava-se o rosto com água e sabonete adequado, como foi explicado ali em cima. Em seguida aplica-se adstringente (para peles oleosas), tônico (para os outros tipos de pele) ou água micelar (para todos os tipos de pele). Para finalizar, hidratante – e atenção: todas as peles precisam de hidratante, mesmo as oleosas.

O procedimento da noite pode ser complementado com a aplicação de produtos antioxidantes, clareadores de manchas ou regeneradores celulares. Essas funções são conseguidas com ácidos (normalmente o retinoico, o glicólico ou o azelaico), que não devem ser aplicados quando há exposição aos raios solares.

Já a rotina do dia deve ser finalizada com a aplicação do protetor solar. Vamos falar um pouco mais sobre ele!

Usar protetor solar diariamente
O protetor solar evita a ação dos raios UVA e UVB sobre a pele, prevenindo o envelhecimento precoce e o câncer de pele. E tem mais: ele também protege contra o aparecimento de manchas, flacidez e rugas.

Hoje em dia, é obrigatório aplicar protetor solar no rosto e no corpo mesmo que o destino não seja a piscina ou a praia. Isso mesmo: tem que passar para ir trabalhar, estudar ou circular pela cidade.

Ao comprar seu filtro solar, certifique-se de que ele tenha proteção contra raios UVB (pelo FPS, que as especialistas recomendam que seja 30) e contra raios UVA (pela presença de sinais de “+” no rótulo – podem ser até três).

E tem um detalhe bem importante: providencie um protetor solar específico para o rosto e outro para o corpo. A pele da face é mais delicada e precisa de um produto que respeite essa diferença. Só use o filtro solar do corpo no rosto se não houver outra maneira de se proteger.

Hidratar o corpo de dentro para fora

(m-imagephotography/Thinkstock)

Uma ajuda interna à ação externa de produtos para a pele é a hidratação do organismo, ou seja, beber água. O corpo que não é hidratado adequadamente se reflete em uma pele flácida e sem viço. E a água ingerida também ajuda a eliminar toxinas, deixando a pele menos propensa a cravos, espinhas e marcas em geral.

Leia também: Saude

Comer alimentos que façam bem à pele
Além da hidratação, a alimentação auxilia na manutenção da saúde e da beleza da pele. Os principais alimentos são:

– Frutas vermelhas (morango, amora, framboesa etc.), ricas em vitamina C e cianidina, elementos que previnem o envelhecimento precoce da pele, o excesso de oleosidade e a formação de acne;

– Abacaxi, anti-inflamatório que ataca acne e alergias;

– Cenoura, que revitaliza a pele por ser rica em ácido lipóico; e

– Salmão, rico em vitamina D e ômega-3, que ajudam a prevenir o câncer de pele ao combater o crescimento desordenado das células.

Colocando-os nas refeições e evitando os vilões da pele – farinha branca, açúcar refinado e frituras –, é possível turbinar os efeitos dos produtos de limpeza e tratamento que você escolher aplicar na pele.

Sempre tirar a maquiagem antes de dormir

(shironosov/Thinkstock)

Por mais cansada que esteja, reserve uns minutinhos do fim do dia para a retirada da maquiagem e a rotina de limpeza da noite. Dormir sem maquiagem evita a obstrução dos poros, o aparecimento de cravos e espinhas, o aumento da oleosidade, a diminuição do viço e o envelhecimento precoce da pele.

Quando você usa maquiagem, apenas lavar o rosto com água e sabonete não é suficiente; você precisará primeiro remover a maquiagem com produtos específicos para esse fim e em seguida partir para a rotina de limpeza com sabonete, adstringente/água micelar/tônico e hidratante.

Ter boas noites de sono
A pele precisa do período de repouso do corpo para se recuperar das agressões do dia, como a poluição e o sol. O resguardo da noite é favorável à renovação celular, à oxigenação e à recepção dos princípios ativos dos cremes de tratamento. Uma noite bem dormida é, por si só, um tratamento para a pele.

Consultar-se com especialistas e manter o check-up em dia
Uma ida a uma médica especializada no tratamento da pele é boa para que seja feito um diagnóstico do estado de saúde da sua pele e para que ela possa cuidar pontualmente de eventuais problemas, como manchas e acne.

“No consultório, também podemos receitar produtos para serem manipulados ou, se a paciente preferir, esclarecer quais são os produtos de farmácia indicados para a pele dela, explicar as diferenças entre o que há à venda. Algumas mulheres preferem comprar tudo pronto, é um direito delas, e uma de nossas funções é ajudá-las a escolher as melhores alternativas das melhores marcas”, afirma Helua.

Veja também

SAÚDE
Além do ginecologista: 11 médicos importantes na saúde da mulher
query_builder20 out 2017 – 19h10

Estar com o check-up em dia também ajuda muito a ter uma pele sempre saudável. Monica explica que “se algo vai mal, logo percebemos na pele. Problemas hormonais, por exemplo, refletem em acne no rosto”. Passar anualmente pela ginecologista e pela endocrinologista, portanto, é importante também para a saúde e a aparência da pele.

Massagens redutoras funcionam mesmo?

A busca frequente pela perfeição do corpo tem lotado cada vez mais as clínicas de estética por todo o país. Os diferentes tipos de tratamentos estéticos têm sido escolhidos por muitas mulheres como método mais simples para perder peso, eliminar as celulites e modelar o corpo, como é o caso das massagens redutoras. Mas será que ela realmente é eficiente mesmo?

De uma forma geral, a massoterapia não traz somente o beneficio do relaxamento dos músculos e alívio das tensões causadas pelo estresse. Pelo contrario, a técnica do toque que com as mãos mexe com os nervos e com os músculos, beneficiando também o corpo e a pele.

Leia também: massagem redutora funciona

Com movimentos e técnicas especiais é possível alcançar resultados estéticos bem significativos para reduzir as medidas corporais e a gordura localizada e estimular a circulação, combatendo a celulite.

Leia também: Phytophen bula

Qual o diferencial da massagem redutora?
Diferente de uma massagem relaxante, que é realizada por todo o corpo, a massagem redutora foca apenas regiões específicos como abdômen e culote. Com o auxilio de um creme redutor, para facilitar o deslizamento das mãos pela pele, a massagem redutora é realizada em movimentos rápidos, firmes e repetitivos.

Leia também: Kifina bula

Esses movimentos vigorosos atingem as camadas mais profundas da pele, mobilizando o tecido adiposo e aquecendo a região para fazer com que ocorra um aumento da corrente sanguínea.

Leia também: Farinha seca barriga bula

Por essas técnicas, as massagens redutoras de medidas funcionam na quebra das células de gordura que são enviadas para a corrente sanguínea e eliminadas pela urina, junto com as toxinas.

É uma massagem indicada para:
Reduzir medidas
Melhorar a elasticidade da pele
Amenizar a flacidez
Melhorar a tonificação muscular
Reduzir a celulite
Em alguns casos, além dos movimentos com as mãos, o esteticista ou massagista também pode contar com o auxilio de aparelhos para massagens redutoras para potencializar o resultado das sessões.

Eventualmente, é comum sentir dores locais ao termino das sessões de massagem por causa da intensidade e repetitividade dos movimentos. Entretanto, casos de hematomas e roxos podem significar rompimentos de vasos, o que não é comum.

É verdade que as massagens redutoras resolvem muito bem a redução de medidas, contudo vale mais uma dica para que você consiga sentir os efeitos em menos tempo: não deixe de manter uma dieta equilibrada e praticar atividades físicas regularmente.

10 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Atividade Física

Conheça os benefícios dos exercícios no 10 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Atividades Físicas. Lembrando que o sedentarismo é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis.

Confira, então, os 10 coisas que você precisa saber sobre atividade física:

A prática de exercícios, de intensidade moderada, durante meia hora por dia é suficiente para que a pessoa deixe de ser sedentário. Estes 30 minutos podem ser contínuos ou divididos em três períodos de 10 minutos cada.
O mais importante é que você pratique alguma atividade que se adapte ao seu estilo de vida e que seja do seu agrado. Caso contrário, são muitas as chances de interrupções.
Pequenas modificações no dia a dia – como subir escadas, saltar do ônibus um ponto antes, passear com cachorro, varrer, cuidar do jardim, lavar o carro, etc. – podem ajudar a movimentar mais e servir como um estímulo para o início de uma atividade física diária.
Os efeitos benéficos da atividade física são observados em pessoas que se exercitam com regularidade. Aqueles com IMC entre 25 e 30 (sobrepeso), nestas condições, podem ter um risco menor de desenvolver diabetes e outras doenças metabólicas do que os sedentários.
De acordo com o United States Departament of Health and Human Services, é importante que os adultos pratiquem duas horas de atividades anaeróbicas (musculação localizada), por semana, além dos 30 minutos de caminhada intensa por dia. Nos casos de pessoas com diabetes, hipertensão, obesidade e pessoas com problemas no metabolismo ósseo, por exemplo, é preciso ter um cuidado especial na escolha dos exercícios a praticar. Nestes casos, é imprescindível o acompanhamento de um profissional.
Um minuto de atividade física intensa é igual a 2 minutos de atividade moderada. Caminhada em ritmo acelerado, hidroginástica, passeio de bicicleta e jogo de tênis em dupla são alguns dos exemplos para atividade moderada. Já a corrida, a natação, o basquete e o ciclismo são considerados intensas.
Durante a prática de um exercício físico é possível que haja uma redução na taxa de glicose. O indicado, principalmente para pessoas com diabetes, é que carreguem consigo algum tipo de carboidrato de rápida absorção.
As atividades físicas melhoram a sensação de bem-estar, diminuem a ansiedade e a probabilidade de depressão, por liberarem a serotonina (hormônio conhecido como “molécula da felicidade”).
Dentre os benefícios da prática de exercícios estão: a diminuição do apetite, a melhora do humor, a perda de gordura (emagrecimento), o enrijecimento dos músculos, a melhora da imunidade e o retardo do envelhecimento.
Para crianças e adolescentes o ideal são 60 minutos de atividade aeróbica por dia (recreativa), três vezes por semana e de grande intensidade.

Leia também: qual Exercício para queimar calorias

Fontes: Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde, Programa Agita Mundo e o Departamento de Saúde, Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabolica e Serviços Humanos dos Estados Unidos.

Leia também: Phytophen funciona
Leia também: Kifina funciona

Confira a lista com outras edições do “10 coisas que você precisa saber”
* Consultoria do Dr. Yuri Galeno, da Comissão Temporária para o Estudo da Endocrinologia, Exercício e Esporte da SBEM, gestão 2017-2018.

Benefícios da Farinha de Amora para Perder Peso

Existem muitas receitas verdadeiramente mágicas quando o assunto é emagrecer, algumas totalmente absurdas como a dieta da lua, da sopa, do abacaxi e por aí vai, porém podemos contar sim com alguns recursos naturais para auxiliar neste processo e um dos atuais recursos é o consumo da farinha de amora para perder peso.

A amora é rica em vitaminas e em pectina, uma fibra solúvel que contribui com a saciedade, vindo daí uma das razões para ajudar naturalmente na perda de peso, desde que haja também uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos

É importante ressaltar que métodos que propõem restrição alimentar, consumir apenas um determinado tipo de preparação no almoço e no jantar como no caso da dieta da sopa, ou ainda restrição exagerada de calorias não é uma solução.

A restrição alimentar provoca compulsão por aquilo que não se pôde comer e vai chegar um momento que a vontade será incontrolável e a fome também, pois o cérebro tem mecanismos de fome e saciedade e um sistema de recompensa.

Estudos apontam que a obesidade cresceu em decorrência de dietas restritivas, pois nunca se falou tanto em restrição de alimentos como nos últimos tempos e mesmo assim o número de pessoas obesas se multiplicou, sinal de que alguma coisa está errada nesta equação.

Leia também:
GH para Perda de Peso (benefícios e cuidados)

BCAA engorda ou emagrece? Faz Mal? Como Tomar Corretamente?

Whey Protein para Emagrecer: whey pode ser utilizado para esse objetivo?

SAXENDA (liraglutida): O que é, para que serve, Benefícios, Ingestão e Colaterais

Conheça os Benefícios do Termogênico para Perder Peso

Receitas de Suco Detox de Maracujá para Perder Peso

10 super vantagens da Musculação para Emagrecer

Buclina ajuda a Engordar? Conheça seus Benefícios, Colaterais e Como Tomar

Por que Mulher tem mais dificuldade para Perder Peso?

SINEFLEX – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

A melhor maneira de emagrecer é alimentar-se de maneira equilibrada, permitindo-se comer aquilo que lhe dá prazer com muita moderação, praticar exercícios físicos e procurar a orientação de um nutricionista.

É preciso entender ainda que cada um tem um tipo físico, traços genéticos diferentes e compleição física única, tem que se buscar um peso saudável, mas não uma perda de peso exagerada.

Quer saber mais sobre perder peso sem perder a saúde com a ajuda da farinha de amora? Então continue aqui!

Por que usar a farinha ao invés da Fruta ?

Leia também: Phytophen é bom

A fruta tem seus nutrientes com melhor disponibilidade para o organismo, mas a farinha de amora oferece vantagens porque estes nutrientes ficam mais concentrados, tornando-os mais ativos no organismo.

O processo para se obter a farinha é através da desidratação da fruta e moída, porém para manter as propriedades nutricionais a secagem da fruta não pode ser em temperatura alta.

Esta farinha é rica nas vitaminas C, K, minerais como cálcio, magnésio, ferro, zinco, cálcio e potássio, além das antocianinas, que são os flavonoides (compostos fitoquímicos) presentes na fruta .

As antocianinas são poderosos antioxidantes, que protegem as células do nosso sistema imunológico combatendo os radicais livres que as envelhecem deixando-as oxidadas e doentes.

Estes flavonoides são responsáveis pela pigmentação vermelha, azul e violeta das frutas e estão na cereja, framboesa, mirtilo, amora e outras frutas.

Deve- se apenas tomar cuidado com a porção de farinha consumida, pois ela é mais calórica que a fruta, mas em quantidades adequadas é muito saudável utilizar a farinha de amora para perder peso.

Consumir a fruta in natura é benéfico para a saúde em geral e não deve ser descartado seu consumo.

Benefícios da Farinha de Amora para Saúde

# Promove saciedade, porque tem pectina, uma fibra solúvel que retarda a digestão.

# Melhora o funcionamento intestinal, a pectina juntamente forma uma espécie de gel no estômago que absorve água e faz uma limpeza no trato digestivo levando os detritos alimentares e facilitando o trânsito intestinal.

# Reduz a absorção da gordura dos alimentos, os antioxidantes evitam a oxidação do colesterol LDL e as fibras (pectinas) reduzem a absorção do LDL.

# Reduz a absorção da glicose, devido a pectina que prolonga a digestão retardando a entrada da glicose na corrente sanguínea.

# Evita o diabetes tipo 2, quando a absorção da glicose é retardada evita-se picos de glicemia e diminui a produção da insulina, este hormônio é o responsável pela entrada da glicose nas células para gerar energia.

# Pode evitar compulsão por doces, por conservar a frutose ( açúcar das frutas) ajuda a diminuir a vontade de comer doce.

# Evita o inchaço, com o intestino funcionando melhor não há retenção de líquidos e por isso reduzirá o inchaço, evitando também a celulite.

# Age como anti inflamatório, os antioxidantes presentes evitam inflamações das células adiposas e outros processos inflamatórios.

# Auxilia na redução do estresse, o magnésio age no sistema nervoso reduzindo a ansiedade que é uma das razões que contribuem para o ganho de peso.

# Ajuda a combater o envelhecimento precoce, seus antioxidantes combatem os radicais livres, moléculas que oxidam as células provocando o envelhecimento e doenças.

Como consumir a Farinha de Amora

Há várias maneiras de incorporar a farinha de amora para perder peso na rotina alimentar, ela pode ser adicionada em frutas, sucos e vitaminas, leite e iogurtes desnatados, a medida ideal é de 2 a 3 colheres de sopa por dia.

Pode ainda fazer parte de receitas de bolos fitness e outras sobremesas leves. Esta farinha não tem gorduras e nem proteínas.

Cada colher de sopa da farinha tem 32,5 kcal, não devendo então se exagerar no consumo diário.

Para potencializar o efeito para perda de peso, a farinha pode ser consumida de 30 a 40 minutos antes das refeições misturada em água gelada, pois as fibras darão sensação de saciedade diminuindo o apetite e a água gelada age como termogênico acelerando o metabolismo.

Recursos que ajudam a Perda de Peso

Emagrecer é um processo que contempla uma alimentação adequada e ainda permite a inclusão de alimentos que potencialize a perda de peso.

Conseguir emagrecer utilizando recursos naturais é saudável e para ser sustentável deve contemplar mudanças de hábitos para o resto da vida.

O efeito sanfona acontece quando pessoas fazem dietas restritivas perdendo muito peso em pouco tempo e quando retornam a alguns hábitos alimentares antigos voltam a ganhar peso, por isso a restrição alimentar não é uma solução.

Alimentar-se de forma saudável, permitindo-se comer moderadamente o que se tem hábito é o melhor caminho para a manutenção do peso a longo prazo, isso evita que o corpo saiba que não está sendo enganado e que não estará privado de calorias.

Além de consumir a farinha de amora para perder peso, incluir alimentos termogênicos como a canela, gengibre, chá verde ajudarão no processo para acelerar a queima de gorduras.

Leia também:
GH para Perda de Peso (benefícios e cuidados)

BCAA engorda ou emagrece? Faz Mal? Como Tomar Corretamente?

Whey Protein para Emagrecer: whey pode ser utilizado para esse objetivo?

SAXENDA (liraglutida): O que é, para que serve, Benefícios, Ingestão e Colaterais

Conheça os Benefícios do Termogênico para Perder Peso

Receitas de Suco Detox de Maracujá para Perder Peso

10 super vantagens da Musculação para Emagrecer

Buclina ajuda a Engordar? Conheça seus Benefícios, Colaterais e Como Tomar

Por que Mulher tem mais dificuldade para Perder Peso?

SINEFLEX – O que é, para que serve, benefícios, função, colaterais e como tomar

A prática de uma atividade física é fundamental, porém deve-se procurar algo que se goste de fazer, pois deve ser um prazer e não uma obrigação pois se for visto como uma obrigação a tendência é abandonar a prática a curto prazo e este é um hábito que precisa ser para a vida toda.

Existem outras farinhas que também proporcionam saciedade e menor absorção de gorduras e glicose como a farinha de maracujá, a farinha de banana e de berinjela, porém a farinha de amora oferece antioxidantes poderosos e o sabor agradável.

Consultar um nutricionista é a melhor maneira de receber as orientações adequadas para conseguir perder peso sem arriscar a saúde, pois ele é o profissional apto a ajudar a escolher um plano alimentar individual de acordo com as preferências e necessidades de cada um.

Tem efeitos Colaterais?

A farinha de amora por ser rica em fibras se for consumida sem uma quantidade adequada de água diariamente pode ter efeito contrário e provocar prisão de ventre, pois para que o gel seja formado e facilite o trânsito intestinal precisa de água.

O excesso também pode causar hipoglicemia ocasionando tonturas, dor de cabeça, confusão mental.

Mesmo sendo um produto natural, o excesso de qualquer suplemento ou alimento pode trazer efeitos indesejáveis, por isso é importante respeitar as doses.

Usando a farinha de amora para perder peso adequadamente não haverá efeitos e os resultados poderão ser alcançados desde que não seja utilizada isoladamente para emagrecer, pois milagres para desaparecer as gorduras ainda não existem.

Leia também: comprar Farinha seca barriga

Como comprar a Farinha de Amora

Este produto é facilmente encontrado em lojas de produtos naturais e algumas farmácias, procure sempre produtos que não tenham produtos como corantes, aromatizantes artificiais ou açúcar no rótulo e que seja de um fabricante de confiança.

Para que os benefícios da farinha de amora para emagrecer sejam bem aproveitados, é preciso tomar cuidado com as marcas pois para preservar os nutrientes o processo de secagem deve ser em temperatura baixa como mencionado no início.

Esperamos que tenham gostado do post e possam usar a farinha de amora para emagrecer sem ter dúvidas de seus benefícios.

Tratamentos Caseiros para Rugas: 3 receitas simples

Tratamentos Caseiros para Rugas: 3 receitas simples

A maioria das mulheres acaba se preocupando com rugas e marcas de expressão desde muito cedo, porém, os cremes e hidratantes disponíveis no mercado normalmente possuem um preço elevado, e nem todos conseguem ter acesso a eles.

>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON – ATÉ 70% EM TODO O SITE
Nesse sentido, os tratamentos caseiros para rugas e linhas de expressão são ótimas saídas para aquelas que querem economizar e ainda assim cuidar bem de sua pele. É importante lembrar, porém, que antes do tratamento caseiro em si, é preciso fazer um tratamento diário relacionado a alimentação, cuidados com o sol e se possível, o uso de alguns produtos com colágeno.

Sendo assim, em relação a alimentação é preciso escolher alimentos ricos em proteínas para auxiliar na produção de fibras, auxiliando na elasticidade e hidratação da pele, uma vez que a elastina e o colágeno começam a agir. Beber bastante água também é essencial para se manter hidratada.

O colágeno inclusive é um dos principais agentes no combate as rugas e na saúde da pele, e por isso, investir em capsulas de colágeno ou em produtos que o contenham pode ser uma boa ajuda para aquelas que desejam um melhor resultado, sendo as capsulas mais baratas do que os cremes em si. Como o colágeno é absorvido pelo organismo, é mais fácil conseguir bons resultados em relação ao combate as rugas e a flacidez da pele.

>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON – ATÉ 70% em Moda Feminina
O sol deve ser sempre uma preocupação para quem quer manter a pele bonita, uma vez que ele pode ser um aliado se utilizado de maneira correta, em horários onde os raios ultravioletas não são tão fortes, e evitando a exposição da pele em horários onde os raios estão mais fortes. Sendo assim, o uso de protetor solar diariamente ao menos para o rosto se faz essencial e o uso de óculos escuros também ajuda bastante.

Assuntos

>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON – ATÉ 70% em Moda Feminina
Economizando: Confira abaixo receitas de tratamentos caseiros para rugas
Receita 1
Receita 2
Receita 3
Economizando: Confira abaixo receitas de tratamentos caseiros para rugas
Após essas dicas, é hora de aprender algumas receitas caseiras muito eficientes, e que podem inclusive substituir alguns cremes antirrugas enquanto esses não podem ser adquiridos. As receitas a seguir são simples, baratas e apresentam bons resultados. Duvida? Que tal tirar uma foto do seu rosto antes de começar a utilizá-las e começar a comparar e perceber os resultados?

Leia também: Creme para rugas funciona

Receita 1
Ingredientes:

2 colheres (sopa) de gérmen de trigo
1 vidro de óleo de amêndoas
Nessa receita você precisará apenas de um recipiente com tampa para misturar os dois ingredientes. Após isso, aplique o creme na pele com a ponta dos dedos e em movimentos circulares. Prefira fazer isso durante a noite, dormindo com o creme no rosto que deverá ser lavado pela manhã.

Leia também: Skin renov bula

Receita 2
Ingredientes:

Clara de um ovo;
Chá de camomila gelado.
Além de hidratar a pele e funcionar como antirrugas, essa receita é como um lifting caseiro, sendo ótima para ser aplicada antes da maquiagem por exemplo, tonificando a pele.

>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON – ATÉ 70% em Moda Feminina
Nela, o preparo também é simples, onde inicialmente é preciso lavar o rosto com um sabonete neutro, aplicando as compressas de chá de camomila gelado durante 5 minutos, e após isso, aplicar a clara de um ovo batida por 15 minutos. A periodicidade dessa receita pode ser semanal, ou quando desejado.

Receita 3
Ingredientes:

Banana batidas
Mais simples do que essa receita não há, onde é preciso apenas bater as bananas ou esmaga-las até que virem um creme e aplica-las no rosto, deixando agir por 20 minutos. Após esse período, lave o rosto com água morna, e depois com água fria. Poucos sabem, mas a banana é um remédio natural contra as rugas.

Com essas simples receitas você já garante uma pele mais saudável e bonita, gastando bem pouco.